skip to Main Content
(21) 99186-5884 contato@neurocienciasaplicadas.com.br
O Papel Da Família No TDAH!

O papel da família no TDAH!

Cada vez mais tem sido estudado e pesquisado a importância da família no transtorno de déficit de atenção e hiperaitividade (TDAH). A família tem um papel fundamental nesse tratamento e é ela quem vai dar todo o suporte necessário para a criança. Mais do que responsáveis pela qualidade de vida dos seus filhos, os pais são os construtores do aparelho psíquico de sua criança desde o nascimento. Se faz necessário que os pais busquem informações, leiam e pesquisem sobre o transtorno de seu filho (reais sintomas, causas e tratamentos) para que possam auxiliá-los de uma maneira consciente e possam compreender certos comportamentos apresentados por eles. 
A criança hiperativa exerce um impacto significativo sobre os membros de sua família, levando, em alguns casos, a um desgaste emocional, de energia, de tempo, das relações e da saúde mental destes. Muitas vezes, isso ocorre pelo fato da incapacidade que essa criança tem de se ajustar às expectativas dos seus familiares, principalmente no que tange a sua vida social e escolar. 
A decisão de buscar ajuda geralmente ocorre quando a criança apresenta idade pré-escolar, que é aonde os sintomas ficam mais visíveis e frequentes. 
Não existe uma receita pronta nem um manual com o passo a passo de como lidar com um filho que tenha TDAH. Porém, com uma eficiente psicoeducação e educação corretiva, feita pelo profissional de psicologia, o fardo da família em relação a como agir para ajudar no tratamento do seu filho ficar menor. O INA, no seu programa de intervenção para pessoas com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) pela via sensório motora, tem como um dos seus objetivos o foco nos pais/na família. 
Ficou interessado e quer saber como isso acontece? 

Acesse: www.neurocienciasaplicadas.com.br.

Nossos telefones são: (21) 3577-3311 e (21) 99186-5884
Estamos localizados na Avenida das Américas, 500, Bloco 6, Sala 315, Shopping Downtown. Barra da Tijuca – RJ

Fontes:https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/psicologia/contexto-familiar-da-crianca-com-tdah/29536

Back To Top