skip to Main Content
(21) 99186-5884 contato@neurocienciasaplicadas.com.br
Neurociência Da MÚSICA!

Neurociência da MÚSICA!

O conhecimento atual sobre a neurobiologia da música é amplamente discutido. Pois, tarefas envolvendo ritmo solicitam processos complexos que requerem coordenação de várias áreas do cérebro em sequências hierarquicamente estruturadas. O envolvimento do hemisfério direito do cérebro em funções musicais está bem estabelecido, no entanto, de fato, ambos os hemisférios estão envolvidos. Entretanto, estudos relatam que a plasticidade está fortemente envolvida em todas as funções do cérebro relacionadas à música (WANG; AGIUS, 2018). 
.
A música é particularmente adequada para o estudo da plasticidade neuronal no cérebro humano, pois a formação musical é mais complexa e multimodal do que a maioria das atividades da vida diária e músicos profissionais geralmente buscam o treinamento com comprometimento elevado e duradouro. Portanto, a música tem sido usada cada vez mais como uma ferramenta para a investigação da cognição humana e seus mecanismos cerebrais subjacentes. Ela se relaciona com muitas funções cerebrais como percepção, ação, cognição, emoção, aprendizado e memória e, portanto, a música é uma ferramenta importante para investigar o cérebro humano e como diferentes funções do cérebro interagem. 
.
Novas descobertas foram obtidas no campo da plasticidade cortical induzida por treinamento musical. Os efeitos positivos, que a música em suas várias formas tem no cérebro humano saudável, não são importantes apenas no âmbito da neurociência básica, mas também afetarão fortemente as práticas de neuro-reabilitação (PANTEV; HERHOLZ, 2011).

A clínica do INA oferece programas de intervenção estruturados e interdisciplinares. Quer entender como?
Ligue e marque uma consulta. 
Nossos telefones são: (21) 3577-3311 e (21) 99186-5884.
Estamos localizados na Avenida das Américas, 500, Bloco 6, Sala 315, Shopping Downtown. Barra da Tijuca – RJ.

​Fonte: PANTEV, C.; HERHOLZ, S. C. Plasticity of the human auditory cortex related to musical training. Neuroscience & Biobehavioral Reviews, v. 35, n. 10, p. 2140–2154, nov. 2011. WANG, S.; AGIUS, M. The neuroscience of music; a review and summary. Psychiatria Danubina, v. 30, n. Suppl 7, p. 588–594, nov. 2018. 

Back To Top