skip to Main Content
(21) 99186-5884 contato@neurocienciasaplicadas.com.br
Insuficiência Cardíaca Crônica: Uma Doença Do Cérebro

Insuficiência Cardíaca Crônica: Uma doença do cérebro

O mecanismo subjacentes de manifestações clínicas e bioquímica da insuficiência cardíaca crônica pode ser devido em parte a adaptações neurohumorais, tais como a ativação da Renina-angiotensina-aldosterona e sistema nervoso simpático de forma periférica ou central. Uma vez que insuficiência cardíaca crônica está associado ao desequilíbrio autônomo através do aumento da atividade simpática e diminuição da atividade parassimpática, pode ser considerado uma disfunção do cérebro. O aumento da sinalização da angiotensina II aumenta a atividade nervosa simpática através de ações no sistema nervoso (central e periféricos) durante a insuficiência cardíaca crônica. A ativação de sinalização da angiotensina II em diferentes áreas do cérebro pode aumentar a liberação de norepinefrina, aumentar o estresse oxidativo, e a inflamação, levando a um aumento da contratilidade cardíaca. Assim, diversos estudos apontam para a relação estreita entre funções cognitivas e doenças metabólicas. 

A clínica do INA oferece programas de intervenção estruturados e interdisciplinares. Quer entender como?
Ligue e marque uma consulta. 
Nossos telefones são: (21) 3577-3311 e (21) 99186-5884.
Estamos localizados na Avenida das Américas, 500, Bloco 6, Sala 315, Shopping Downtown. Barra da Tijuca – RJ.

Fonte: Chronic heart failure: a disease of the brain.
Review article
Singh RB, et al. Heart Fail Rev. 2018.

Back To Top